Dread, Rastafari e Apliques

rastafariAs diversas formas de trançar o cabelo são as mais escolhidas por quem tem cabelos crespos e afros, ao invés de optar por algum tratamento químico, tirando toda sua naturalidade. E uma das mais usadas é a trança Nagô, e o Rastafari. A Nagô é feita junto ao couro cabeludo, permitindo a criação de diferentes desenhos e formas. Pode ser trançada somente até o meio da cabeça, ou por todo o cabelo.

Já o Rastafari, em cada lugar tem uma definição, mas na verdade rastafari é um movimento que surgiu na Jamaica por volta do século 20, porém também é usado como um termo que remete às trancinhas que não são coladas na cabeça, mas são feitas desde a raiz até as pontas, ou seja, o cabelo fica solto, porém cheio de trancinhas que parecem ser “fios” mais grossos.

O dread são “tufos” de cabelo em formato cilindrico, como se fossem cordas penduradas na cabeça. Eles podem ser feitos com cera ou agulha, com diferentes espessuras, e conforme os cabelos crescem é necessário enrolar novos fios. Mas não é só quem tem cabelo crespo ou afro que adere essa moda, muita gente com cabelo fino faz e gosta. Para usar dread é fundamental ter estilo, atitude, e saber cuidar para que o dread não seja sinônimo de sujeira e mau cheiro. Algumas pessoas conseguem desfazê-los depois, mas muitas precisam cortar ou até raspar o cabelo quando decidem mudar de penteado.
 
 

Aplique de Cabelo

Ter o cabelo longo é o sonho de muitas mulheres, e o aplique é uma ótima alternativa, seja devido à vontade de estar sempre mudando, pela falta de paciência para esperar crescer, ou porque os fios quase não crescem. E como no mundo da beleza, dos cosméticos, e dos tratamentos tudo tem solução, o aplique é a opção escolhida por muitos. Mas ele não é só utilizado para dar comprimento, mas também como um auxílio para quem tem problema com queda de cabelo, ou o cabelo muito ralo.

Existem apliques de fios naturais e sintéticos, e podem ser colocados, costurados ou entrelaçados nos fios naturais.

icon-.jpgcabelos-lindosPrincipais Tipos de Aplique

  • MegaHair: Nesse tipo de aplique os fios são colados no couro cabeludo com uma cola à base de silicone ou queratina. Mas é preciso ter cuidado, pois o aplique “colado” não pode ser submetido à altas temperaturas, portanto nada de secador e chapinha.

  • Polímero de Queratina: É um produto semelhante à cola, que gruda o aplique ao ouro cabeludo, porém é mais resistente ao calor, à umidade e aos produtos químicos.

  • Entrelaçado ou Trançado: O cabelo é trançado da mesma forma que uma trança raiz, junto às linhas de nylon, e depois são costuradas as telas com as mechas. É uma boa opção para quem quer dar mais volume aos fios.

  • Tela, telinha ou rendinha: O aplique é costurado aos fios que já existem com um tipo de agulha  semelhante à de crochê.
 
  • Nó Italiano: Nesse procedimento as mechas do aplique são trançadas, dobradas na raiz, e amarradas com linhas de látex ao cabelo.
 
 
Cabelo Masculino -->> Dread, Rastafari e Apliques -->> Cabelos Secos, Oleosos e Mistos

Site desenvolvido por KERDNA Produção Editorial LTDA